Sinta-se em casa com a Planifik Imóveis
CRECI 4536-J

Blog

Novidades, dicas e artigos do mercado imobiliário

O desafio da acessibilidade em imóveis residenciais

No dia em que é celebrada a Luta das Pessoas com Deficiência, a Planifik relembra a importância da acessibilidade! De acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui mais de 45 milhões de Pessoas com Deficiência (PCDs), o que representa cerca de 24% da população. Mesmo com o número expressivo, essas pessoas ainda enfrentam dificuldades quando o assunto é acessibilidade.

 

A Lei de Inclusão Social prevê a reserva de 3% das unidades de conjuntos populares a pessoas com deficiência. Já a ABNT NBR 9050:2004, da Associação Brasileira de Normas Técnicas, traz todas as referências e orientações a respeito das modificações em edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos.

A implantação dos itens de acessibilidade nas construções tem baixo custo e pode ser feita diretamente pela construtora. Atentar-se às necessidades do outro demonstra cuidado e respeito, por isso, elencamos algumas adaptações simples e que merecem ser adotadas em qualquer empreendimento. Veja só!

 

Pisos nivelados – imprescindíveis para garantir melhor circulação de pessoas com baixa mobilidade ou visão. Rampas também são pré-requisito.

Corredores largos – dois metros de largura facilitam a vida de cadeirantes, pessoas com bengala, muletas ou andadores.

Portas automáticas – além de adotar portas mais largas, automatizar é uma excelente medida. Caso não caiba no orçamento, as portas de correr também auxiliam o acesso.

Sensores de presença – iluminação automatizada descomplicam a vida de qualquer pessoa.

Quinas – prefira uma mobília com cantos arredondados para evitar ferimentos ou pequenos acidentes.

Banheiros – pisos antiderrapantes, nivelados e barras de apoio fazem parte das adaptações necessárias.